Comportamento

Sim, é coisa de pele: O racismo velado na moda e na sociedade

Comments (23)
  1. Nathalia disse:

    Só um detalhe, Bangu é zona oeste e não zona norte! ?

  2. Luiza Brasil disse:

    Opa, corrigido!
    Muito obrigada. ;)

  3. Tamires Correia disse:

    Adorei a forma como você abordou, como usou uma delicadeza agressiva (rs) pra expor o seu lado. Contribuiu muito ao que eu já sabia/achava. Obrigada <3 ps: negra linda você!

    1. Luiza Brasil disse:

      “Delicadeza agressiva”. Adorei essa definição, sabia?! ;)
      Muito obrigada pelos elogio!
      Beijos!

  4. Amanda Alves disse:

    Texto incrível. A questão racial , principalmente no Brasil, me causa certa idignação e aversão. Indignaçaõ por perceber que algumas pessoas julgam natural um ser humano escravizar outro. Seja em que circunstância for( nazismo, segregação indigena etc.). Aversão ( talvez nojo, repulsa), por constatar que vivemos, até hoje, em um país hipócrita e cínico. Vivemos em um país que, apesar dos anos , apesar do fim da era escravocrata , ainda respira a escravidão, a distinção e o preconceito. O que mais me causa aversão é a inginorância tão latente nesse país tão miscigenado e tupi como o nosso. Ingnorância de um povo que não percebe que as ditas “raças puras” não existem. Que aqui, no Brasil, somos todos frutos de uma grande mistura. Principalmente de índios e negros, povos escravizados e invadidos de todos os modos. O racismo é, infelizmente, algo real e vigente. A minha grande tristeza é perceber que essa perseguição racial ainda está muito longe do fim. O importante é ter consciência de sua história, sua origem.

    1. Luiza Brasil disse:

      Muito obrigada Amanda!
      Ótimas palavras também.

      Beijos!

      1. Amanda Alves disse:

        Luiza, que ótica incrível e que texto franco. É bom ler um blgo que fala de moda, cultura, sociologia, política e história de um jeito culto e super explícito. Amo o Modices!

      1. Amanda Alves disse:

        Carla, sua linda! Amo de paixão teu blog. Leitura obrigatória todos os dias.

        1. Carla Lemos disse:

          ownnnn! obrigada demais, mandi babe <3

  5. Gabriela disse:

    Sensacional!! Esse blog sem aborda temas que vão alem dos outros! Realmente, é outro nível!! Muito bom!

    1. Luiza Brasil disse:

      Obrigada!
      Carlinha, quem mandou fazer o blog mais maravilhoso dessa blogsfera?! Minha alegria é saber que faço parte dele! :)

  6. Excelente crítica, Luiza, muito triste as coisas serem dessa forma ainda…parece ser algo enraizado, difícil de mudar. A gente se pergunta: até quando?

    1. Luiza Brasil disse:

      Pois é Fê, todos nós aqui teremos de ser os grandes responsáveis por essa mudança. Devagar, aos poucos, mas muito precisa! :)

  7. Luana Cruz disse:

    Que texto maravilhoso! Realmente é preciso que haja mais textos como seu para levantar o debate. Não dá pra achar que está tudo bem, é preciso informar as pessoas. Escrevi um pouco sobre isso aqui http://intitulandointitulavel.blogspot.com.br/2014/05/olhos-coloridos.html

    1. Luiza Brasil disse:

      Lu, texto maravilhoso!!!
      Bora fazendo, bora acontecendo! :)
      <3

  8. Renata Pereira Souza disse:

    Parabéns pelo texto e ao blog, que é original e não se limita a assuntos da “esfera fashion” em seus posts!

    1. Luiza Brasil disse:

      O Modices é sensacional, né?! <3

  9. Guido disse:

    Bom ”entry level ” texto. Temos que ir mais fundo.

  10. Cis Martins disse:

    Muito bom o texto Luiza, parabéns! Não imaginava ter um texto como esse num blog de moda. Me identifiquei muito com a sua fala quando relata a conversa que escutou, mesmo num país miscigenado como o nosso o padrão de beleza se resume a um padrão caucasiano hegemônico na mídia. Esse foi um dos motivos para eu criar força e criar meu blog, uma opção para a mulher parda e negra se reconhecer e compartilhar informações. Parabenizo novamente a iniciativa de trazer essa discussão tão inviabilizada a tona. Grande beijo.

    1. Carla Lemos disse:

      Obrigada, Cis! <3 Faltou vc deixar o link do seu blog pra gente conhecer ;)

  11. Sarah Moreira Utzig disse:

    Muito bom! Me incomoda muito esse racismo presente na moda. Eu acompanho alguns blogs de moda na internet e fica bem claro que pra boa parte das pessoas desse meio ter a pele branca é um dos requisitos essenciais pra ser considerada fashion. É raríssimo ver mulheres negras como símbolos de estilo e beleza.

    Eu só não concordo que esse racismo é velado, sabe. Eu acho ele escancarado mesmo. O problema eu acho é que a maioria dos brancos que são privilegiados pelo sistema e controlam boa parte das mídias apenas fingem que não vêem.

    1. Carla Lemos disse:

      Acho que é isso mesmo, Sarah. É tão escancarado que se tornou comum e as pessoas não “percebem” o racismo. Mas as pessoas tão adquirindo mais consciência e acredito que as mudanças vão ganhar impulso <3

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Ei! Agradecemos por compartilhar nosso conteúdo

Agora vem conhecer nossos outros canais